A maioria das Pessoas Falham no Marketing Multinível, porque?

Pesquisando sobre Marketing Multinível, encontrei uma matéria, o autor está citado no final do post.

Realmente a maioria da paessoas falham, e acabam culpando a empresa ou o amigo que o convidou. Mas na verdade, existem inúmeros motivos para o fracasso. Muitos delas atreladas exclusivamente ao próprio ser humano, pois muitos não se dedicam, não estão abertos a aprender e insistem em cometer os erros por várias vezes, não se auto-desenvolvendo e assim resultando no fracasso.

Segue a matéria na íntegra abaixo.

 

” A maioria das pessoas falha em Marketing Multinível!.

Sim, é verdade, a maioria falha. Quando um prospecto ou um conhecido lhe trouxer essa afirmação você pode tentar orientá-lo. Obviamente que a maioria das pessoas falha em desenvolver o seu MMN, pois a maioria das pessoas falha em qualquer atividade que seja. Isso não é mérito do MMN (normalmente*). Veja, por exemplo, as pessoas que estudaram

com você na faculdade. Quantas exercem a profissão? Você ficaria surpreso em saber que maioria não exerce, que a maioria sequer trabalha na área… E isso acontece em diversas outras situações: A maioria falha quando se propõe a parar de fumar ou beber; A maioria falha quando se propõe a emagrecer; A maioria falha quando se propõe a ganhar dinheiro; A maioria falha quando se propõe a aprender um idioma; A maioria falha quando se propõe a ser uma pessoa melhor.
Não bastasse esse dom inato para a inconstância nas coisas que nos são necessárias (sim caro leitor, das coisas necessárias, pois as coisas não-necessárias nos “viciam” rapidamente sem nenhum esforço, mas esse assunto deixemos para outro dia), é preciso ainda lidar com o fato de que não se consegue ser um bom profissional, seja qual for a área, sem dedicar-se longos anos, participando das aulas, cursos e treinamentos que a profissão requerer, aperfeiçoando-se dia após dia. Ato contínuo, vemos pessoas não se importando com essa fundação e desistindo de seus negócios em menos de 6 meses. Mas que tipo de profissional fica bom em coisa alguma com apenas 6 meses? Quantos anos, de estudo e de prática, você precisa para se tornar um bom advogado, um bom psicólogo, um bom médico, um bom engenheiro, um bom empresário? Em média 8 a 10 anos de dedicação. E no MMN? A mesma coisa, e por que seria diferente?
Cuidado para não se enganar, ou recrutar pessoas de forma equivocada para sua equipe. Elas devem sim saber de todas as vantagens desse tipo de negócio, mas também devem saber de suas obrigações e compromisso com o aprendizado da profissão que pretendem exercer. Então, partindo do fato de que a maioria falha, a sua preocupação deve ser em não fazer o que a maioria faz. Não é bom estar com a maioria. A maioria sempre vai mal. As melhores coisas da vida não são para a maioria, são para as pessoas que estão dispostas a pagar o preço para obtê-las.
Um bom trabalho, uma boa conta bancária, um bom relacionamento amoroso, um bom nível cultural, boas viagens, boa aparência, são situações da vida que exigem esforço, empenho, informação, transformação, disciplina, dedicação e outros atributos que a maioria nem pensa em desenvolver.
Então não se preocupe se estiver indo em direção oposta a maioria. Aliás não tenha medo de errar: quando a maioria está indo numa direção certamente o melhor para você está na direção oposta. * Não use essa premissa para se eximir da sua responsabilidade como patrocinador. Você não deve jamais julgar um prospecto ou um novo distribuidor. Faça sua parte, não cabe a você determinar quem é a maioria.”
Autor: Diego Lourenço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s